Home » Polícia Federal faz operação em MT e mais 12 para combater ‘laranjas’ em fraudes bancárias de R$ 18 milhões

Polícia Federal faz operação em MT e mais 12 para combater ‘laranjas’ em fraudes bancárias de R$ 18 milhões

por Master
0 comentário

Polícia Federal fez, hoje, a Operação Não Seja um Laranja, para desarticular esquemas criminosos voltados à prática de fraudes em contas eletrônicas mantidas em diversas instituições bancárias do país. O montante de fraudes bancárias eletrônicas investigadas totaliza R$ 18,2 milhões. Em Mato Grosso, foi cumprindo busca e apreensão em Cáceres e Cuiabá.

Durante cumprimento de mandado em Cáceres, um homem foi preso em flagrante com 3 kg quilos de maconha e cocaína. O ilícito foi localizado escondido dentro do sofá e em uma privada.

Foram cumpridos 43 mandados de busca e apreensão em 13 Estados (Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo) e no Distrito Federal. A operação conta com apoio e participação das Polícias Civis do Distrito Federal, Pará e São Paulo.

A PF informou que vem apurando aumento considerável da participação consciente de pessoas físicas em esquemas criminosos, para os quais “emprestam” suas contas bancárias, mediante pagamento. Este “lucro fácil”, com a cessão das contas para receber transações fraudulentas, possibilita a ocorrência de fraudes bancárias eletrônicas que vitimam inúmeros cidadãos. Tais pessoas são conhecidas, no jargão policial, como “Laranjas”.

A ação é uma iniciativa da Força-Tarefa Tentáculos, que busca repressão a fraudes bancárias eletrônicas, a qual envolve esforço cooperativo e integração com as Polícias Civis e as instituições bancárias, por meio da Febraban. Também há apoio operacional da Unidade Especial de Investigação a Crimes Cibernéticos.

você pode gostar

Deixe um comentário